Grupo Sautlink | Supplier Chain Network

Reaprendendo dirigir com simuladores digitais

simulador-detranQuem dirige sabe que, todos os dias estão expostos no trânsito. Andar por aí guiando um carro implica muitas coisas. O motorista tem que ter prudência e saber que não existe apenas o seu carro na rua, e sim milhares.

Não deve dirigir prezando apenas na sua vida, mas sim, dirigir pensando que há outras vidas também. Essa imprudência toda que existe no trânsito já causou 43 mil mortes devido a acidentes de carro apenas no ano passado. É verdade que dentro desses acidentes, muitos estão relacionados a vários fatores, como dirigir embriagado, por exemplo, mas sabemos também que muitos acidentes desastrosos entre veículos são causados por descuidos da parte dos motoristas em coisas simples, que poderiam ter sido evitadas em suas próprias formações. É nisso que a CONTRAN (Conselho Nacional de Trânsito) quer focar com os simuladores de direção veicular obrigatórios nas autoescolas do país.

Essa nova exigência nas autoescolas começa entrar em vigor ainda esse ano. Desde o dia 30 de junho, todas as escolas devem obedecer a essa nova lei. Os objetivos desses simuladores são diversos e vão desde proporcionar uma melhor formação e capacitação desses motoristas até ajuda-los a perder o medo na hora de iniciar as aulas práticas e, consequentemente, diminuir os acidentes no trânsito.

Mesmo estando por dentro das novidades em relação à carteira de habilitação, muitas pessoas ainda não conseguem ter uma noção clara de como esse simulador é e como ele funcionará.

O simulador funciona basicamente como um game de direção no caso. Possui exatamente as mesmas coisas que um carro, exceto pelas três telas de computador que se encarregarão de colocar os motoristas em diversas situações de riscos ou aquelas que são mais difíceis de serem assimiladas nas aulas práticas, como chuvas, congestionamentos, subir em rampas ou então estacionar.

Para aquelas pessoas que ainda não se sentem a vontade de testar seus conhecimentos na prática, os simuladores podem ser ótimos aliados, já que com ele, errar é possível. Ao final das aulas, uma avaliação é feita indicando seus erros e, sobretudo, seus acertos, assim, consertá-los ficará muito mais fácil. Sem contar que, os alunos com necessidades especiais tem instrumentos específicos nos simuladores também. As aulas, que terão que ser no mínimo cinco contando 30 minutos cada, começarão após as aulas teóricas-técnicas e antes do exame teórico.

E como a maioria dos serviços adquiridos hoje em dia, qualquer alteração que é feita, trás consequências para nossos bolsos também. Esse simulador custará para as autoescolas, entre 14 a 30 mil reais variando de acordo com as regiões do país e convertendo isso em um aumento de 30% em média para os alunos que desejam tirar a CNH. Como em Goiás, por exemplo, o valor que atualmente está mais ou menos entre 1100 reais, poderá chegar até 1500 de acordo com o portal G1 da Globo.

E por mais que as pessoas sejam a favor e adeptas desse simulador, há uma pequena divergência de opiniões quando se deparam com os preços. Esse aumento nas taxas trás uma dificuldade para aqueles que tencionam tirar a carteira de habilitação a partir desse período, uma vez que para a maioria dos brasileiros, dispor desse dinheiro é quase impossível. Um pai de uma família que vive a realidade brasileira, por exemplo, não conseguirá arcar com essas despesas, tão pouco um estudante que está iniciando a vida profissional agora. Além disso, as autoescolas podem encontrar dificuldades na hora de comprar seus simuladores e atender as exigências no prazo, já que a procura por eles está sendo enorme.

E ainda assim, isso não é o bastante para acabar com as mortes no trânsito. O simulador de direção não garante que o motorista que passou por ele não irá causar um acidente de carro. Como já dito aqui, quem dirige está exposto constantemente.  É necessário que as pessoas tomem consciência de que estão dirigindo e que todo cuidado é pouco. Não é tão difícil assim se manter atento enquanto está ao volante é? Fazer o máximo de esforço para colocar em prática tudo que aprenderam nas aulas práticas e teóricas nas autoescolas vai fazer com que essa nova ideia da CONTRAN junto aos simuladores sejam eficazes na diminuição dos acidentes de trânsito. O que vier depois, relacionado a isso, serão apenas melhorias.

Assuntos relacionados

Postado em Condutor Amigo, Cotidiano

Comentários postados: (0) →