Grupo Sautlink | Supplier Chain Network

Mobilidade na era da informação

Public_Tr1_201_005

Viver em uma sociedade com fluxo de informação intenso, de um modo acessível para todos, com alta velocidade e qualidade tem lá seus preços. Além da obrigação de estar conectado a todo o momento, estas informações implicam em mudanças significativas no modo como conduzimos nossa vida e os relacionamentos envolvidos nela, assim como altera o campo da cultura, trabalho, educação, lazer e porque não dizer política? Para determinadas produções, principalmente as que geram ganhos para economia, estas informações são imprescindíveis e a cada dia que passa parece que estamos descobrindo a potência que elas tem quando direcionadas para os lugares certos. Em se tratando de bem- estar coletivo, as informações, de um modo geral do conceito, já estão sendo usadas e aplicadas de um jeito bem simples, mas que podem trazer muitos benefícios no momento em que forem optimizadas.

Com seu conceito embasado principalmente na disseminação de informação com o uso de novas tecnologias que surgiram, a Sociedade da Informação ou Sociedade do Conhecimento vem inovando, principalmente nos grandes centros urbanos, o modo como as pessoas vem se relacionando com alguns serviços de mobilidade.

Com a ajuda das tantas tecnologias móveis presentes em todo o mundo como uma de suas maiores características, e com a facilidade de acesso as informações que circulam pela rede, essas mudanças da nova sociedade ocorrem aos poucos e gradativamente. Para notar isso, basta olhar ao seu redor e perceber o número de pessoas com celulares smarphones e tablets ou então procurar quantos pontos de acesso wifi estão espalhados em um mesmo local, chega a ser assustador quando nos damos conta. Além disso, nesta sociedade, atrasos não são permitidos. O tempo deve ser aproveitado cada vez melhor, mas isso parece uma missão impossível quando se leva em consideração os trânsitos a se enfrentar todos os dias, a incerteza dos ônibus, e as vezes, situações em que nos encontramos perdidos e que levamos o dobro de tempo para chegar em um lugar que, com a devida informação, chegaríamos em menos de meia hora.

A partir de fatores como esses, as portas para um mundo criativo se abrem dando muitas oportunidades para que aplicativos de diversas utilidades sejam criados. Por isso, empresas de todos os tipos, mas principalmente as de transporte, tendo a necessidade de solucionar problemas como estes e aumentar suas vantagens diante da concorrência, passaram a investir em apps que atendessem a essas demandas. Hoje, já é possível baixar em seu dispositivo móvel aplicativos feitos especialmente para quem usa transporte coletivo de todos os tipos, para quem usa táxi, para quem anda de carro, ou até mesmo quem anda a pé, indicando rotas, mapas, linhas de tráfego e horários.

Cadê o ônibus? É um destes aplicativos para android. Atendendo apenas a região de São Paulo, este aplicativo apresenta informações de algumas linhas de ônibus da SPtrans  e EMTU para que você se organize melhor e não se perca mais.

O Moovit é outro aplicativo nesta vertente, que atende além do sistema android, o sistema iOS. A inovação maior deste aplicativo está no fato dele não apresentar apenas rotas de São Paulo e Rio de Janeiro, mas também de outros países como Estados Unidos, Inglaterra e Espanha através de uma rede de compartilhamento dos próprios usuários das condições de rotas.

E estes não são nem a metade dos aplicativos deste tipo, cada qual com uma função diferente ou que venha a complementar o outro, basta que o usuário decida qual favorecerá melhor seu dia-a-dia.

No trajeto dos carros, os aplicativos podem ser muito úteis também. O Radar G1, da rede Globo de televisão, disponibiliza um mapa com rotas de trânsito livres ou não em tempo real e de acordo com a cidade, podendo ser acessadas de tablets, smartphones, até os iPhones, iPad, iPod Touch e o velho amigo computador.

E os aplicativos de táxi, já tão famosos nesse meio, continuam fazendo sucesso entre o pessoal adepto a estes serviços, um deles é o Taxibeat. Com ele, o usuário não precisará mais ficar procurando um táxi ou ficar esperando até que algum apareça na rua, pois com apenas alguns toques em seu dispositivo ele consegue se conectar diretamente com um motorista, saber sua localização exata e o tempo que será gasto para que ele chegue. Informações assim permitem que as pessoas façam planos para seu dia a partir de definições de melhores trajetos e rotas com segurança, além de facilitar no deslocamento rápido e alternativo.

E as contribuições da informação para a mobilidade não param por ai. Alguns aplicativos podem auxiliar deficientes que dependem de transporte público e até mesmo no setor de turismo, abrangendo empresas aéreas, hoteleiras, de locação de veículos e alimentícias.

Com a capacidade de obter informações rápidas através de ferramentas como esses aplicativos, o turista pode, além de programar melhor sua viagem, se livrar dos imprevistos, obter conhecimentos detalhados a respeito de pontos turísticos a serem visitados, rotas em que irá passar, ou a restaurante mais próximo do lugar em que se encontra.

E apesar de todas estas melhorias e vantagens, os cuidados nunca devem deixar de ser tomados. Neste caso, as atenções devem se voltar para a veracidade das informações e o quão precisa elas são, pois não adianta nada tomar como base para a preparação de compromissos, informações imprecisas e muito básicas. Um das alternativas para os usuários que não desejam cair neste erro é verificar se o que está sendo disponibilizado no aplicativo está associado ao sistema de transporte coletivo responsável, e já como alternativa para os donos dos aplicativos no mercado, é tentar manter sempre um centro de gerenciamento para controlar as informações que são passadas, desse modo, a eficiência do serviço fica garantida.

Fora isso, os usuários de aplicativos semelhantes a esses, principalmente os que dirigem, devem sempre tomar o devido cuidado ao manusear o dispositivo, já que dirigir enquanto usa o telefone causa acidentes.

Para quem está interessado em fazer parte destas pessoas que usam a informação ao seu favor, o site Perkons disponibilizou uma pequena lista com alguns dos principais aplicativos de mobilidade, incluindo aplicativos que indicam a localização mais próxima de postos de gasolina, e rotas para ciclistas, por exemplo.

E em meio a todas as mudanças já citadas que a Sociedade da Informação carrega, a tecnologia móvel é ponto central disso. Ela, além de ser a responsável pela interação da comunicação com a mobilidade, é a maior auxiliadora no processo de propagação de dados pelo globo. No entanto, por mais que a empolgação com as tantas revelações a respeito da tecnologia seja benéfica para o meio social, não podemos nos limitar e pensar que apenas isso é o suficiente para resolver todos os problemas de mobilidade urbana, principalmente no Brasil, que ainda está muito longe de ser a ideal. Falta muita coisa para acertar que, infelizmente, dependem de muitos fatores. Por isso devemos tomar mais do que nunca a informação como um caminho a ser seguido, um verdadeiro exemplo de como acoplar as coisas de um modo que satisfaça e atenda as necessidades de cada um.

Sobre a autora:
Aline

Aline (alinerodrigues@sautlink.com) é estudante e apaixonada na arte de escrever e pesquisar histórias e fatos. No Grupo Sautlink é colaboradora da área de Comunicação, Conteúdo e Mídias Digitais.

Assuntos relacionados

Postado em Cibercultura, Sautlearning, Sautlink

Comentários postados: (0) →